Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

É uma Vida para Dois

Livros para folhear, filmes para ver, sabores para provar, destinos para descobrir. Gostamos de experimentar tudo o que há de novo aqui e acolá! Queremos a vida bem passada e bem servida, se faz favor!

Receitas - Salada de Panzanella

Hummm...a maravilhosa dieta mediterrânea! Com base na receita do Jamie Oliver, faço muitas vezes Panzanella para o jantar, que é nada mais nada menos do que uma salada italiana de pão amolecido. Ela adora e fica horas a elogiar os meus dotes culinários. 

Rapazes que me estão a ler, lembrem-se, as mulheres também se conquistam pelo estômago. Eu conquistei a minha assim!

 

Ingredientes (2 pessoas):

  • 4 tomates
  • 100g de pão de centeio
  • 1/2 cebola
  • 1 cenoura ralada
  • 6 azeitonas
  • 1 dente de alho
  • azeite
  • vinagre de vinho tinto
  • pimenta preta
  • sal
  • oregãos secos
 
Passo a Passo:
 
1) Rasga-se o pão em bocados e tempera-se com uma colher de azeite, uma pitada de sal, pimenta, alho esmagado e oregãos. 
2) O pão vai ao forno a 180º durante 20 minutos ou até ficar torrado.
3) Entretanto cortam-se os tomates aos bocados e junta-se a cebola picada, com a cenoura e com as azeitonas.
4) Mistura-se tudo com as mãos de modo a espremer o tomate e libertar sumo.
5) Tempera-se o tomate com 6 colheres de azeite e duas de vinagre.
6) Junta-se o pão assim que estiver pronto e envolve-se com a mistura de tomate.
7) Retifica-se os temperos caso seja necessário
8) É hora de comer! :)
 

DSC02123.JPG

 DSC02122.JPG

 

O que vos pareceu?

Bom apetite!

 

Mr.

 

Todas as fotos são da autoria do Uma Vida para Dois

H2Otel - Unhais da Serra

Já há algum tempo que ouvíamos falar no H2Otel, com as suas piscinas maravilhosas de água quente! Para nossa sorte, um casal amigo ofereceu-nos um voucher para este hotel e nós decidimos fazer a despedida do Inverno com uma visita à Serra da Estrela.

 

O H2Otel encontra-se situado na vila de Unhais da Serra, na vertente Sudoeste da Serra da Estrela, num vale de origem glaciar, a uma altitude de 750 metros e a cerca de 20 km da cidade da Covilhã.

 

A grande atracção do hotel é o Montain SPA - AQUADOME, constituído por quatro áreas: AquaTermas, moderno centro termal; AquaFisio, um completo centro de fisioterapia e osteopatia; AquaCorpus, que associa a alta estética a terapias orientais e AquaLudic, o mais inovador conjunto de piscinas dinâmicas e o único destes que tivemos oportunidade de experimentar.

 

AQUALUDIC

À porta do quarto, temos logo uma ampla janela com vista panorâmica para maravilhoso circuito! Com as águas apetecíveis a chamarem por nós, vestimos os nossos fatos de banho, toucas, roupão turco, e chinelos, e acedemos ao circuito através do elevador panorâmico.

 

DSC02177.JPG

 

A arquitectura e design do circuito estão fantásticos, recriando artificialmente o ambiente tropical, com palmeiras, vegetação, rochas, e até a temperatura do ar e da água!

 

Começámos pelo Circuito Celta, com a Sala de Hamman. Nesta sala escura, a Humidade é de 90% e a temperatura é de 41º C. O tecto está coberto de luzinhas que vão mudando de cor, simulando o céu estrelado. A combinação da sensação térmica e visual tornam a experiência muito relaxante. De seguida, passámos pelo Banho Turco, pela Sauna, pela Cromoterapia e aventurámo-nos no Duche de Contraste 360º, pequeno circuito para corajosos em que os jactos de água iam mudando de temperatura à medida que avançávamos.

 

Daí, passámos para a Laguna Grande, passando por baixo da cascata em direcção às camas e cadeiras de Hidromassagem. Tão bom, sentir que o tempo pára e que não temos que pensar em nada. Esvaziar a mente, exorcizar problemas e aproveitar o momento. Nadámos para o exterior, que é a parte mais agradável deste circuito aquático. Nadar ao ar-livre nas piscinas exteriores aquecidas com vista para a montanha é uma experiência fabulosa. No rosto sente-se o ar frio, mas o corpo está aquecido pela água quentinha da piscina! 

 

DSC02207.JPG

 

 

DSC02197.JPG

 

De seguida, a laguna pequena com as suas caldeiras de Hidromassagem. Muito relaxante, permitiu-nos uma vista panorâmica para todo o circuito.

 DSC02179.JPG

 

  DSC02192.JPG

 

DSC02193.JPG

 

DSC02200.JPG

 DSC02217.JPG

Entrada para a laguna grande, passando por baixo da cascata.

 

 DSC02187.JPG

 

DSC02220.JPG

 Espaço de espreguiçadeiras, à luz do entardecer. 

 

 

O HOTEL

 

O Lobby do H2O é amplo, causando impacto logo quando à entrada. Com uma decoração moderna e atenta aos detalhes, tem tudo aquilo que um hotel de Inverno deve ter.

Com Sala Lounge e biblioteca, proporciona um serão muito agradável, onde permanecemos algum tempo a ler e a jogar após o jantar. O Hotel possui também Salas de Congressos e Reuniões, Salas de Banquetes, Lounge Bar com esplanada, Loja Gourmet e Ginásio. 

DSC02229.JPGDSC02228.JPG

DSC02232.JPG DSC02183.JPG

 

DSC02175.JPG

 

O quarto que nos foi atribuído era amplo, com uma WC espaçosa e armário grande.

A decoração de um quarto de hotel também é muito imporante para nós. Se o espaço onde vamos repousar não tiver uma aparência agradável, a experiência reconfortante que um quarto de hotel deve proporcionar, não consegue ser bem sucedida. Além disso, quem gosta de olhar para coisas feias? O quarto que nos foi atribuído estava decorado de forma moderna e original, com quentes e acolhedoras, contribuindo para a envolvência de estância de montanha, que nós tanto apreciamos.  

 

DSC02176.JPG

 

 

O RESTAURANTE - Alquimia

 

O pequeno-almoço no restaurante é muito variado. Já tínhamos saudades da primeira refeição do dia com 1001 opções para escolher, entre sumo de tangerina, pão de leite barrado com Nutella, bolo de cenoura, torradas com requeijão e doce de abóbora, entre infinitas possibilidades. 

DSC02235.JPG

 

DSC02224.JPG

 

Ao Jantar, escolhemos a opção Buffet, também com muita oferta de entradas, pratos de peixe e carne, opções vegetarinas e sobremesas. É de destacar o atendimento dos funcionários não só do restaurante, como de todo o hotel, cuja simpatia e eficiência nos deixou muito bem impressionados.

 

DSC02225.JPG

Filetes de Peixe Manteiga. Hummm :)

 

DSC02227.JPG

 Bolo de Chocolate com raspas de Chocolate branco e morangos. Este bolo tinha fila de espera para chegar até ele. No momento em que esta foto foi tirada, o estômago dizia "pára, já estou cheio, não me enchas mais" enquanto que as papilas gostativas batiam palmas e pediam mais umas quantas fatias de bolo a seguir a esta.

 

Para concluir, queremos só dizer que quando fizemos check-out e subimos a Serra da Estrela em direcção ao frio e nevoeiro que se fazia sentir junto à Torre, só queríamos voltar para o conforto do H2Otel e para o calor das piscinas aquecidas!

 

Avaliação

  • Localização: 8/10
  • Acessibilidade: 9/10
  • Funcionários: 10/10
  • Limpeza: 10/10
  • Conforto: 10/10
  • Design/Decoração: 9/10
  • Pequeno-Almoço: 9/10
  • Jantar-Buffet: 9/10
  • Relação Qualidade-Preço: 9/10

 

 

E vocês, já conheciam este Hotel?

 

Mr.and Mrs.

 

 

 Todas as fotos são da Autoria do Uma Vida para Dois

 

 

Destino do Dia - A Praia Vermelha de Panjin (China)

Reserva Nacional da Praia Vermelha abriga um dos maiores e mais bem protegidos pântanos do mundo.

 

Praia Vermelha está localizada no delta do rio Liaohe, a cerca de 30 km de Panjin. Com uma área de mais de 20 quilómetros quadrados, é o lar de 236 espécies de aves. 

 

A cor vermelha é causada por um tipo de erva daninha do mar que floresce no solo alcalino-salina. Estas ervas são chamadas de Sea Blite (Suaeda linearis), começam a crescer a partir do mês de abril e permanecem verdes durante o Verão. No Outono, esta erva daninha torna-se vermelha, causando o efeito de um "mar vermelho".

A praia vermelha é um destino cada vez mais procurado para ecoturismo, existindo vários resorts e outros tipos de alojamento na região.

Um parte do parque é considerada área de protecção ambiental, mas há uma secção aberta para os visitantes. É possível tirar fotografias a partir de uma plataforma projectada no meio da água.

Lindo, não acham? Gostavam de visitar?

 

Mr. and Mrs.

 

 

 Fontes:

 http://chinatravelgo.com

http://aconteceunachina.com/

Aldeias Histórias - Monsanto

Erguida lá no alto do monte, a Aldeia de Monsanto exibe-se emproada para os seus visitantes, ciente do quão especial e peculiar é. Como cumprimento de boas vindas, a Aldeia ofereceu-nos uma subida íngreme a pé, mal estacionámos o carro. Na primeira subida achámos que se estava só a fazer de díficil, mas após a segunda, a terceira, e as muitas outras que se seguiram, percebemos logo que esta Aldeia exige umas boas reservas energéticas para ser conhecida. 

 

Localizada na encosta de um monte escarpado - O Cabeço de Monsanto - a 758 metros de altitude, a aldeia de Monsanto foi vencedora do concurso da Aldeia mais Portuguesa de Portugal, realizado em 1938, durante a época do Estado Novo. 

Com registo de presença humana desde o Paleolítico, D. Afonso Henriques conquistou esta terra aos Mouros em 1165, sendo posteriormente doada à Ordem dos Templários, que edificou o castelo.

 

A sua originalidade advém das suas casas construídas nas rochas. Edificadas numa encosta granítica, as casas de granito e xisto fundem-se com os gigantescos blocos de pedra, e com os minúsculos quintais e hortas separados por muros. Entre subidas e descidas,  percorremos as ruas estreitas e as vielas apertadas, descobrindo a cada momento uma nova visão panorâmica sobre a Aldeia.

 DSC02342.JPG

 

DSC02347.JPG

 

DSC02290.JPG

 

DSC02352.JPGDSC02296.JPG

 

DSC02352.JPG

DSC02353.JPG

Torre do Relógio - no cimo está a Réplica do Galo de prata, símbolo da atribuição do título de Aldeia Mais Portuguesa de Portugal a Monsanto.

 

DSC02354.JPG

 

DSC02324.JPGDSC02336.JPG

 

DSC02350.JPG

DSC02293.JPG

DSC02298.JPG

 

DSC02322.JPG

 

DSC02341.JPG

O pormenor da casa fundida com a rocha

 

DSC02329.JPG

 

 DSC02333.JPG

As subidas e descidas de Monsanto puseram o nosso estômago a roncar. Já passava da hora do almoço quando nos deparámos com a Taverna Lusitana, que nos pareceu tão bem por fora quanto por dentro: 

DSC02317.JPG

 

A par da Cerveja de Castanha, a Cerveja de Mel e Noz é uma das especialidades da casa, com um sabor maravilhoso e pouco comum. 

 

DSC02310.JPGDSC02313.JPG

Logo no exterior da Taverna anunciavam Hidromel à pressão. Hidromel, esse néctar dos Deuses tão difícil de encontrar! É uma das nossas bebidas preferidas e até agora só o encontramos em feiras medievais ou no bar medieval Trobadores, em Lisboa. 

Para quem desconhece, trata-se de uma bebida alcoólica, derivada da fermentação do mel e da água. Muito comum em Roma e Grécia Antigas, os Celtas, os Saxões e os Vikings também foram consumidores desta maravilhosa bebida. 

 

DSC02318.JPG

A tosta de queijo de ovelha e cebola estava uma maravilha. A ementa tinha muitos outros petiscos que tivemos pena de não experimentar. Ficará para a próxima visita a Monsanto!

 

DSC02338.JPG

Da Taverna Lusitana, fizemos uma paragem na loja Monsabores, na esperança de provar os famosos Pastéis de Cereja. Infelizmente, já estavam esgotados, pelo que trouxemos um saco de Borrachões, bolos secos feitos com aguardente. São muito bons, óptimos para acompanhar com chá ou leite! A loja tem também um pequeno espaço para tomar chá e provar as delícias de Monsanto. O atendimento nesta loja surpreendeu-nos pela simpatia e disponibilidade com que fomos recebidos. Numa placa à entrada, um aviso informa os visitantes: "Não temos Wi-Fi, conversem!"

 

Foi um passeio diferente e muito interessante, ideal para ser inserido numa visita à Serra da Estrela. Vale a pena visitar! 

 

Distâncias: Castelo Branco - 42 km; Porto - 176 km; Lisboa - 258 km; Badajoz - 74 km

DSC02323.JPG

"Devemos entender o que há de pedra nas pessoas, descobrir o que das pessoas passou à pedra" José Saramago, numa visita a Monsanto.

 

E vocês, já visitaram Monsanto?

 

Mr. and Mrs.

 

 

Fontes:

http://portugalvirtual.pt

http://www.cm-idanhanova.pt

 

Todas as fotos são da autoria do Uma Vida para Dois

 

Destino do Dia - Túnel do Amor (Ucrânia)

A atracção pequena cidade de Klevan - 7.470 habitantes (2001) - é o Túnel do Amor

Foi construído para a passagem de um comboio particular para levar toras de madeira até uma fábrica local. A sua extensão total é de 1,8 Km e é considerado uma rota ferroviária muito incomum, já que não existem semelhantes na Europa Central.

 

A 350 Km de Kiev, a sua construção é um exemplo de como o Homem é capaz de levar a cabo novas construções e executar projectos, sem ignorar a natureza em redor, adaptando sem destruir.

 

É muito procurado para passeios românticos e uma atracção para sessões fotográficas.

 

Único, não é? :)

 

Mr. and Mrs.

 

Fontes:

http://www.jornalciencia.com 

http://www.jn.pt/

Destino do Dia - Rainbow Montains (China)

Com 510 km quadrados, o Parque Geológico Zhangye Danxia está localizado perto da cidade de Zhangye, na província de Gansu, no noroeste da China. Património Mundial da UNESCO desde 2010, as montanhas coloridas do parque são uma verdadeira obra de arte da natureza, chamando centenas de visitantes à região. Rampas, calçadas e vias de acesso foram construídas para ajudar os visitantes a explorar as formações rochosas.

 

A alternância de cores deve-se aos depósitos de minerais de diferentes composições nas camadas rochosas. As placas tectónicas, os ventos e a chuva deram origem, muitos anos depois, a todas essas formas, que incluem pilares naturais, desfiladeiros e vales.

Lindíssimo, não é?

Sabiam da existência destas montanhas?

 

Mr. and Mrs.

 

 

Fontes:

http://www.hypeness.com.br

http://pt.wikipedia.org/wiki/Parque_Geológico_Nacional_Zhangye_Danxia

http://devagarsevaimaislonge.blogspot.pt/

Pág. 7/7