Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

É uma Vida para Dois

Livros para folhear, filmes para ver, sabores para provar, destinos para descobrir. Gostamos de experimentar tudo o que há de novo aqui e acolá! Queremos a vida bem passada e bem servida, se faz favor!

Gelato Therapy - La Fabbrica Della Felicitá

Uma pessoa bem se esforça para limitar as calorias e a ingestão de açúcar, mas estão constantemente a fazer boicotes a essas tentativas. Descobrimos mais uma gelataria para nos fazer perder a cabeça: não só tem uma decoração linda e criativa como tem um nome de fazer inveja a qualquer outra. A Terapia do Gelado - Fábrica da Felicidade está situada na Rua da Madalena nº83 e é impossível não reparar no nome criativo e nos gelados pendurados no tecto. 

Os gelados são cremosos e deliciosos, com uma grande variedade de sabores que nós raramente aproveitamos porque teimamos insistentemente em provar sempre o de chocolate. Provar o gelado de chocolate numa gelataria nova, é a nossa prova dos 9 para fazer a comparação entre elas. E esta passou com distinção!

 

DSC03344.JPG

DSC03343.JPG

DSC03346.JPG

DSC03348.JPG

 DSC03341.JPG

 

Já conhecem a fábrica da felicidade?

Não há terapia melhor!

 

Mr. and Mrs.

 

Todas as fotos são da autoria do Uma Vida para Dois

Destino do Dia - As mais espectaculares bibliotecas do mundo

Tendo em conta que hoje celebra-se o Dia Mundial do Livro, o "Destino do Dia" será um pouco diferente e irá destacar não só um, mas vários destinos: as bibliotecas mais espectaculares do mundo, em que, surpreendam-se, duas delas são portuguesas! 

 

Biblioteca Joanina (Universidade de Coimbra, Portugal)

Construída entre os anos de 1717 e 1728, é um dos expoentes  do Barroco Português e uma das mais ricas bibliotecas europeias. Ficará conhecida como Biblioteca Joanina em honra e memória do Rei D. João V (1707-1750), que patrocinou a sua construção e cujo retrato, da autoria de Domenico Duprà (1725), domina categoricamente o espaço.

Começou a receber as primeiras obras depois de 1750, e actualmente o seu acervo é composto por cerca de 60 000 livros. Na sua conservação são empregues soluções tradicionais de preservação e controlo ambiental: a utilização de madeira de carvalho nas suas estantes, a espessura das suas paredes, cerca de 2 metros e a existência de uma colónia de morcegos que durante séculos a protegeu de insetos bibliófagos. 

 

Biblioteca do Palácio Nacional de Mafra (Mafra, Portugal)

O maior tesouro de Mafra é a sua biblioteca, com chão em mármore, estantes em estilo rococó e uma coleção de mais de 40.000 livros com encadernações em couro gravadas a ouro, incluindo uma segunda edição de Os Lusíadas de Luís de Camões. Situada ao fundo do segundo piso é a estrela do palácio, rivalizando em grandiosidade com a Biblioteca da Abadia de Melk, na Áustria. Construida por Manuel Caetano de Sousa, tem 88 m de comprimento, 9.5 de largura e 13 de altura. O magnífico pavimento é revestido de mármore rosa, cinzento e branco. Actualmente, o único residente do Palácio é um antigo tipógrafo, de nome Gil Mangens. Descendente de uma família de origem francesa, que chegou a Lisboa no século XVIII por altura da construção do Palácio, na pessoa de um gravador de nome Mangens, devotou, à imagem de seu pai e avô, toda a sua vida ao monumento que o acolhe. O conjunto arquitectónico do Palácio Nacional de Mafra foi classificado como Monumento Nacional em 1910. Em 5 de maio de 2014, a biblioteca do Palácio Nacional de Mafra foi considerada a mais bela do mundo pelo conhecido portal norte-americano Book Riot, dedicado exclusivamente aos livros. 
 

 

Biblioteca da Abadia de Admont (Áustria) 

 

Biblioteca de Livros Raros e Manuscritos Beinecke - Universidade de Yale (Connecticut, EUA)

 

Biblioteca do Parlamento Canadense | Ottawa, Canadá

 

Biblioteca University Club | Nova Iorque, EUA

 

Biblioteca José Vasconcelos (Cidade do México, México)

 

Biblioteca de Mitchell (Sidney, Austrália)

 

Biblioteca Pública de Seattle (Washington, EUA)

 

Biblioteca do Estado (Victória, Austrália)

 

Infelizmente ainda não tivemos oportunidade de visitar nenhuma destas bibliotecas, nem mesmo as duas portuguesas nomeadas. A nossa biblioteca preferida é a Biblioteca das Galveias, no Campo Pequeno, que actualmente se encontra em obras, com abertura prevista para 2016.

E vocês, qual a vossa biblioteca preferida?

 

Mr. and Mrs.

 

fontes:

http://www.ideiaquente.com/2014/07/30-bibliotecas-espetaculares-do-mundo.html

http://www.uc.pt/informacaopara/visit/paco/biblioteca

http://www.guiadacidade.pt/pt/poi-biblioteca-do-palacio-nacional-de-mafra-20372

 

Água Aromatizada de Morangos e Framboesas

Para quem tem dificuldade em beber água simples e gosta de águas com sabor, a água aromatizada caseira é uma solução bem mais barata que as águas aromatizadas de compra e bem mais saudável. A imaginação é o limite e pode ser combinada com quantas frutas existem.

Nós gostamos da água aromatizada de morangos e framboesas. Fresca e deliciosa, é óptima para os dias de calor. Pode ser colocada em frascos ou garrafas de vidro e ir bebendo conforme a vontade.

DSC03222-002.JPGcenoura e agua aromatizada3.jpg

DSC03216-002.JPG

A vantagem das águas aromatizadas é que não leva açúcar. O sabor da fruta engana o paladar e constitui um óptimo substituto aos refrigerantes, bebidas-veneno com quantidades astronómicas de açúcares escondidos, contrariando as normas estabelecidas este ano pela OMS.

Estas imagens abaixo não podiam ilustrar melhor as comparações entre as quantidades de açúcar presentes nos refrigerantes e alimentos:

Retirado daqui

 

E vocês, bebem água aromatizada?

Tinham noção destas quantidades de açúcar escondidas nas bebidas/alimentos?

 

Mr. and Mrs.

 

 Receita e fotos da água aromatizada são da autoria do Uma Vida para Dois

Destino do Dia - Casa Bartó (Barcelona, Espanha)

A Casa Batlló ou Casa dos Ossos, construída em 1904,  é uma das obras mais emblemáticas de Gaudì, o famoso arquiteto catalão considerado por muitos como um génio da arquitetura. Imaginação, ciência e surrealismo fazem parte das suas criações. Esta edificação, antiga residência da família Batlló, pode ser visitada e admirada pelas inovações arquitetónicas como sistema de ventilação, captação de água da chuva, portas de correr embutidas nas paredes. Parece que estamos a falar de uma casa moderna, construída nos dias de hoje, mas remonta ao início do séc. XX.

 

Fontes:

https://trippics.com/v/casa-batllo/687

Tapioca

A Tapioca, é o nome de uma iguaria tipicamente brasileira, de origem indígena, feita com a fécula extraída da mandioca. Existe em várias formas, a que nós usamos vem em granulado e vende-se nos supermercados. Eu sigo a receita da minha mãe, que é óptima para um lanche ou mesmo para uma sobremesa. É cozinhada ao lume em leite e substituo o açúcar branco pelo mel. A textura é a de pequenas pérolas de consistência mole.

 

A tapioca fica óptima com frutas, e o morango é apenas uma sugestão, ideal para colocar no fundo da tapioca ou por cima, como topping. Junte-lhe uma mensagem romântica e leve como pequeno-almoço à cama dela(e). Acredite, fará tudo o que quiser durante um mês!

 

DSC03396-001.JPG

Actualizado recentemente9-001.jpg

DSC03538-001.JPG

DSC03409.JPG

 Já conheciam a tapioca?

 

Bom Apetite!

 

Mr. (texto e receita) e Mrs (fotos e edição de imagem)

 

Receita e fotos da autoria do Uma Vida para Dois

Destino do Dia - Piscina Falsa (Japão)

A Piscina do artista argentino Leandro Erlich fica no Museu de Arte Contemporânea do Século XXI, em Kanazawa, no Japão. Quando vista de cima, a piscina parece estar cheia de água, mas, na verdade, ela tem somente uma camada de água de 10 cm suspensa sobre um vidro transparente. Logo abaixo, há um ambiente vazio com paredes azul onde os visitantes podem caminhar. 

 

Fontes:

casa.abril.com.br/

www.kirainet.com/

Batatas Recheadas com Atum e Azeitonas

Chegou o dia 3 do pós-operatório da remoção de 2 sisos e eu já estava delirante por alimentos com mais consistência, mas ainda assim de textura mole e  fáceis de comer. Foi a pensar nas famosas e deliciosas Baked Potatoes Inglesas que servem nos Pubs britânicos, que lhe disse que o almoço tinha mesmo que ser batatas recheadas. "Mas já estás capaz de comer alimentos tão consistentes? Não é melhor fazer antes empadão?" Sou uma pessoa de ideas gastronómicas fixas e após 3 dias sem comer alimentos sólidos, não, não podia ser empadão. Tinha mesmo que ser batatas recheadas, desde que bem cozidas e com o recheio bem triturado. Sei bem que casei com o génio da lâmpada da culinária, porque todos os meus pedidos gastronómicos são atendidos no espaço de pouco tempo. Com os ingredientes existentes em casa, ele preparou um prato delicioso. Melhor seria impossível! 

 

O Atum e as Azeitonas foram triturados num puré para facilitar a deglutição, mas vocês podem deixar os pedacinhos inteiros, que irão realçar ainda mais o sabor. Ele acompanhou com salada, eu comi só as batatas para não abusar. 

DSC03486-001.JPGDSC03479-001.JPG

pasta sem nome 6-001.jpg

DSC03482-001.JPG

DSC03487-001.JPG

 Partilho então a minha dieta do dia 3 de pós-operatório de remoção de 2 sisos:

 

Pequeno-almoço: Papa de Aveia com Maçã

Meio da Manhã: iogurte líquido

Almoço: Batatas recheadas com atum e azeitonas

Lanche: Tapioca (receita em breve no blog)

Jantar: Creme de Cenoura e maçã cozida com bolacha.

 

 

Gostaram da ideia?

 

Bom apetite

 

Mrs. (texto) e Mr (receita)

 

Receita e fotos da autoria do Uma Vida para Dois

Destino do Dia - Yvoire (França)

Yvoire é uma aldeia francesa medieval fortificada situada junto ao lago Leman e pertencente região Ródano-Alpes. Está classificada entre as mais belas aldeias de França e é um destino turístico dos mais concorridos. Desde 1959, tem vindo a ser decorada anualmente no contexto do Concurso das cidades e aldeias floridas da França, e está classificada nos primeiros lugares com a distinção máxima, quatro flores. Em 2002 recebeu a medalha de prata no concurso europeu das localidades floridas.

 Fontes:

Wikipedia

 

Trifle de Maçã com Bolacha e Iogurte

Quem disse as dietas pós-operatórias de remoção de dentes tinham que ser monótonas? Puxando pela imaginação, conseguem inventar-se receitas simples e saudáveis. 

Não só para quem não pode comer alimentos sólidos, esta sobremesa/lanche delicia qualquer pessoa:

trifle de maça com bolacha e iogurte.JPG

Sugestão Rápida para fazer pó de Bolacha

esmagar bolachas.jpg

trifle.JPG

Já tinha partilhado a minha dieta realizada no dia 1 do pós-operatório, por isso agora partilho a minha dieta completa do dia 2 do pós-operatório:

 

Pequeno-almoço: papa de laranja, banana e bolacha maria

Meio da manhã: Iogurte líquido de Morango

Almoço: creme de cenoura e frango; gelatina 

Lanche: Trifle de Maçã com Bolacha e Iogurte 

Jantar: creme de cenoura e frango; e gelado 

Ceia: copo de leite de arroz

 

 Mrs (texto) e Mr. (receita)

 

Receita e fotos da autoria do Uma Vida para Dois