Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

É uma Vida para Dois

Livros para folhear, filmes para ver, sabores para provar, destinos para descobrir. Gostamos de experimentar tudo o que há de novo aqui e acolá! Queremos a vida bem passada e bem servida, se faz favor!

Férias D'ouro - experiências inesquecíveis

Ainda há bem pouco tempo atrás, vivia convencida de que férias não eram férias se não fossem passadas fora do país. A qualidade, pois claro, estava "lá fora" e não aqui. "Lá fora" come-se muito melhor, não haja dúvida. "Lá fora" os sítios são bem mais bonitos, únicos, especiais. Mais que não fosse, sinónimo de férias significava não ter que ouvir falar a língua que já se ouve falar durante todo o ano. Pois eis que Portugal, este país onde nasci, à semelhança de um pai que dá avisos e aconselha mas que deixa que o filho chegue às conclusões por si mesmo, fez-me sentir envergonhada ao constatar que  tenho alimentado um tremendo preconceito. 

 

É certo que nos últimos anos, à medida que tenho vindo a conhecer de Portugal de Norte e Sul, tenho vindo a duvidar dessa teoria ao ficar supreendida pelos locais por onde passava. Mas foi principalmente nas últimas férias de 2015, no último mês do ano, que o Douro me provou que realmente passamos ao lado da beleza que está ao nosso lado achando que vamos encontrar melhor além fronteiras.

É por isso que não podemos deixar de partilhar aqueles locais que ao longo de 3 noites e 4 dias nos marcaram e que aconselhamos a todos os que visitam o Douro. Entre miradouros, vilas e trajectos, deixamos aqui o nosso TOP de experiências a não perder na região:

 

Miradouro de S.Silvestre (Mesão Frio): A subida para o miradouro faz-se de carro e é muito íngreme. Sabemos que o final da travessia se aproxima quando avistamos a igreja de S.Silvestre, lá no cimo, a contemplar a paisagem. Do miradouro consegue-se observar o rio Douro que descreve uma curva em "L", harmonioso entre casas e vinhas. Foi o primeiro miradouro que visitámos, deixando-nos de queixo caído com a beleza da paisagem.

douro4.JPGdouro1.JPG

douro2.JPG

douro3.JPG

 

Peso da Régua

Capital comercial da região do Douro, é daqui que partem os cruzeiros pelo rio. Como viemos em Dezembro, não tivemos a oportunidade de poder realizar o famoso passeio ao longo do rio. É aqui que se encontra grande parte do comércio tipico do Douro, pelo que encontrámos várias lojas com produtos locais únicos. Díficil foi não trazer tudo! 

Embora a mão do Homem esteja mais presente nesta cidade do que em qualquer outra região do Douro, em que construções se sobrepõem à natureza, também Peso da Régua tem os seus encantos.

20151215_143853.jpg

DSC06025.JPG

ponte.JPG

DSC06029.JPG

 

Estrada entre Peso da Régua e Pinhão

As estradas no Douro são muitas vezes tortuosas e sinuosas, exigindo uma condução atenta. Ele fez questão de ser o motorista de serviço da viagem: "tu estás habituada a conduzir na cidade e eu nasci fora de uma grande cidade, estou mais habituado a estes caminhos. Está claro que quem deve conduzir sou eu."

Tubo bem, para mim óptimo, quanto menos forem as coisas para me preocupar nas férias, melhor. Como é óbvio, eu fiquei em clara vantagem: no Douro, o destinos é tão importante como percurso, pelas paisagens esplendorosas que vão passando por nós. Quem não tiver a responsabilidade da condução, tem a possibilidade de apreciar a paisagem a 100%. Bem, ele não pode dizer que eu não me ofereci!  

 

De todas essas estradas a mais bonita, é sem sombra de dúvida, a que liga o Peso da Régua ao Pinhão. São 27 km e 93 curvas, mas a experiência é fabulosa. Pelo caminho, fizemos várias paragens para tirar fotografias e contemplar a paisagem.

douroo2.JPG1.JPG

douroo3.JPG

douroo4.JPG

DSC05989.JPGdouro5.JPG

3.JPG

 

Pinhão

Esta pequena vila tem as paisagens que mais nos encantaram. Junto ao cais, é possível encontrar uma perspectiva panorâmica única e tirar fotografias dignas de um postal. As cores típicas do Outono são reflectidas no rio e compõem a paisagem como num quadro. Sobre o rio, uma ponte pedestre foi inaugurada em 2015, permitindo passar sobre a água e contemplar a paisagem de vários ângulos.

 

É também obrigatório passar pela estação dos caminhos-de-ferro do Pinhão, com uma envolvência que faz parecer que afinal vivemos no ínicio do século XX e estamos prontos a apanhar o comboio para uma longa viagem. Os famosos azulejos ilustrados retratam a azáfama das vindimas.

galafura7.JPGDSC05841-001.JPG10.JPG

 

galafura6.JPG

 

 

DSC05870.JPG

pinhao.JPG

DSC05971.JPG

 

Miradouro Casal de Loivos (Alijó)

Esta é uma das paisagens que se destacam no Douro, tendo sido considerada pela BBC Londres como uma das mais bonitas do mundo. Daqui, avistam-se os rios Douro e a povoação de Pinhão. A subida é íngreme, mas vale a pena subir cada metro.  

DSC05959.JPG

 

casal de loivos.JPGDSC05947.JPG

 

Miradouro de São Leonardo da Galafura 

Este é considerado um dos miradouros mais bonitos de toda a região do Douro. Não estava um sol maravilhoso quando subimos ao miradouro, mas sim uma atmosfera que não esperávamos, proporcionando uma aura única de misticismo e magia.

Famoso por ser o miradouro de Miguel Torga, o escritor considerava o Douro como um  "excesso de natureza" e um "poema geolóogico". A visão panorâmica a grande altitude dá-nos uma sensação única de liberdade. "Podemos ficar aqui para sempre? " - ainda perguntei - poder, até podíamos, mas então e os outros encantos do Douro que ainda tinhámos por descobrir? 

Á saída do miradouro encontrámos um pastor e o seu rebanho. Segundo nos contou, ele, as suas ovelhas e os seus cães, já estavam habituados a ser protagonistas de atenção, ao serem alvo de atenção por parte das centenas de turistas que por ali passavam. "Fui a Lisboa uma vez há muitos anos" - contou-nos ele -"jurei para nunca mais! Tantos carros, tanta confusão! Aqui sim, respira-se ar puro e vive-se em paz". Verdade, verdadinha, nós fomos testemunhas: a Natureza mora aqui.

panoramica.JPG

20151214_131536-cópia.jpggalafura3.JPGDSC05731.JPGgalafura.JPG20151214_131833.jpggalafura4.JPG

galafura2.JPG

DSC05771.JPG

DSC05775.JPG

DSC05781.JPG

DSC05784.JPG

DSC05785.JPG

DSC05962.JPG

Férias de 2015 passadas, toca a planear os destinos para 2016. Quanto a vós, não sejam como aqueles maridos (e mulheres!) que vão procurar lá fora quando têm melhor em casa. Nas próximas férias, façam as malas mas não apanhem o avião. Apanhem o comboio ou peguem no carro e partam à aventura por esse jardim à beira-mar plantado.

 

Boa Viagem,

Mrs.

 

Todas as fotos são da autoria do Uma Vida para Dois

3 comentários

Comentar post