Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

É uma Vida para Dois

Livros para folhear, filmes para ver, sabores para provar, destinos para descobrir. Gostamos de experimentar tudo o que há de novo aqui e acolá! Queremos a vida bem passada e bem servida, se faz favor!

Florença ao Entardecer

Naquele entardecer, Florença estava com aqueles tons dourados, que só o sol de Florença é capaz de pintar nas águas no Rio Adro. Nesse dia, já tinhamos subido até ao Miradouro Michelangelo a pé, já tinhamos percorrido os jardins do Palácio Pitti de este a leste, já tinhamos visitado as Galerias Uffizzi ao pormenor, e percorríamos agora a Ponte Santa Trinita. Daí, viamos a agitação na Ponte Vechio com as suas joelharias únicas que só ela se pode gabar de ter. Mas naquele momento não queriamos saber de mais nada a não ser de arranjar um gelado. Ah, os maravilhosos gelados italianos de fruta fresca e de Gianduia! Comiamos em média dois por dia, pouco nos importando com os kilogramas a mais que a balança acusaria no regresso a casa. No final da ponte, estava a Gelataria Santa Trinita, onde nos fomos abastecer de dois maravilhosos gelados de bonbons Baci e de frutos do bosque. É díficil comer maus gelados em Itália, porque em quase todo o lado os gelados são deliciosos, mas estes foram os melhores gelados que provámos em toda a nossa viagem!

Percorremos de volta a ponte Santa Trinita e fomos repousar num largo perto da Piazza Della Signoria, sentádos de pernas esticadas, nós os dois e os nossos respectivos gelados, em Florença. 

Até que a afluência de pessoas nas ruas à volta da praça começou a aumentar. Já sabiamos que se tratava da praça mais movimentada de Florença, mas algo se passava. As forças de segurança começaram a circular a passo acelarado, e as pessoas não paravam de aparecer. Fotógrafos começaram a circular pelas ruas, ajustando as objectivas.

Entretanto, mulheres de todas as idades começam a correr para a praça, num reboliço, numa histeria. Algumas levantaram-se das esplanadas e começaram a correr para a praça, deixando as bebidas esquecidas nas mesas e os maridos sozinhos com caras de poucos amigos. Eram dezenas de mulheres a correr e a empurrarem-se, largando gritos histéricos. O que se passaria? Vieram-me logo à cabeça as imagens que vi na TV quando O Justin Bieber veio a Portugal e as meninas de 15 anos gritavam de "felicidade", com as lágrimas a cairem pelo rosto.

Após perguntarmos a várias pessoas do que se tratava, descobrimos que a razão da euforia era o George Clooney, que estava de visita a Florença para o Celebrity Fight Night, evento que juntaria várias celebridades nessa mesma noite. 

- Que coincidência gira - comentei - ainda antes de ontem o teu pai contou que o Goucha estava em Veneza na mesma altura que nós e hoje é o Clooney!

Ele concordou comigo, eu encostei a cabeça no ombro dele e continuámos a saborear o nosso gelado. Eu, o meu marido, e os nossos respectivos gelados da Gelataria Santa Trinita, em Florença. Haverá algum Clooney que possa ser melhor do que isto? 

 

Mrs.