Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

É uma Vida para Dois

Livros para folhear, filmes para ver, sabores para provar, destinos para descobrir. Gostamos de experimentar tudo o que há de novo aqui e acolá! Queremos a vida bem passada e bem servida, se faz favor!

Locais inesperados para visitar em Portugal

Depois de sugerirmos os destinos a visitar em 2016 - parte I e parte II - lembrámo-nos de fazer uma compilação de vários locais pouco conhecidos, originais, únicos e principalmente inesperados em...Portugal. 

Desde a igreja dentro do mar, à casa que só parece pertencer a Fred Flinstone, aqui seguem os vencedores para os locais mais inesperados do país: 

 

FORTE DA GRAÇA (Elvas)

O Forte da Graça situa-se no monte com o mesmo nome, um dos mais altos da região e de grande importância estratégica-defensiva, a cerca de 1km de distância a norte da cidade de Elvas. 
Esta obra-prima da arquitectura militar Europeia foi mandada construir pelo rei D. José I, iniciando-se os trabalhos de construção em 1763, sendo inaugurado em 1792, já no reinado de D. Maria I. 

O Forte da Graça é constituído por três linhas de defesa, incluindo no seu interior diversas dependências, como casernas, capela, a casa do governador, uma grande cisterna, canhoeiras, entre muitas outras. 

O Forte da Graça teve obras de requalificação, inauguradas pelo Presidente da República Aníbal Cavaco Silva a 27 de novembro de 2015 e pode ser visitado pelo público.

http://www.guiadacidade.pt/pt/poi-forte-da-graca-20171

 

CAPELA DO SENHOR DA PEDRA (Miramar)

A Capela do Senhor da Pedra situa-se na Praia de Miramar, na freguesia de Gulpilhares, Concelho de Vila Nova de Gaia.

Construída em 1686 sobre um rochedo, é local de culto e peregrinação. Actualmente, é realizada uma romaria ao Senhor da Pedra, que é realizada no Domingo da Santíssima Trindade e prolonga-se até à Terça-Feira seguinte. Diz a tradição que a Capela do Senhor da Pedra ora pertence tanto ao mar como à terra. Sendo a única igreja virada de costas para o mar, as suas traseiras são palco de bruxarias e feitiçarias.

http://asenhoradomonte.com/

 

 

COSTA NOVA (Ílhavo)

Entre a Ria de Aveiro e o mar fica uma península, e é aqui que se encontra a Costa Nova.

Até inícios do século XIX, a Costa Nova era um extenso areal desabitado mas após a fixação da Barra do Porto de Aveiro, os pescadores das campanhas piscatórias de Ílhavo mudaram-se para a Costa Nova e começaram a construir palheiros para guardarem as redes e outros materiais associados à pesca.

Os palheiros originais eram construídos com materiais locais, erguendo-se sobre estacas assentes no areal seco da Costa Nova. O espaço interior era amplo, sem qualquer divisão, cumprindo a sua função de ser nada mais que um armazém. Com o passar dos anos, alguns pescadores começaram a transformar os palheiros adaptando-os a espaços de alojamento que passaram a acolher famílias na época de veraneio.

http://www.guiadacidade.pt

http://www.visitcentrodeportugal.com.pt

 

 

CASA DO PENEDO (Fafe)

Podia ser a casa dos Flinstones, mas não é. Construída em 1974 por um engenheiro de Guimarães, é casa de férias de Vítor Rodrigues, que há muito tempo deixou de conseguir descansar.

Com as imagens da sua casa a circularem a internet, a fama da Casa do Penedo têm vindo a ganhar fama pelos quatro cantos do mundo. Acontece-lhe sentar-se na sala e, de repente, aparecer alguém a espreitar pela janela. Há até quem abra a porta e entre. Aos domingos, parece uma romaria. É como se estivessem à espera de encontrar Fred e a esposa Wilma. 

A Casa do Penedo integra-se completamente na sua paisagem rural envolvente. A sua construção é inteiramente feita em rocha, à excepção das portas, janelas e telhado.

O interior apresenta também um estilo rústico, onde a mobília, as escadas e os corrimãos são feitos de troncos. O sofá, pensado ao estilo rústico, é feito em betão e madeira de eucalipto e pesa 350 kg. Não possui qualquer instalação eléctrica.

https://www.publico.pt

https://pt.wikipedia.org/wiki/Casa_do_Penedo

 

 

 

COVÃO DOS CONCHOS (Serra da Estrela)

Paracem imagens de outros planetas, mas não: situa-se mesmo no planeta Terra, neste país chamado Portugal. Parece um funil que leva a água para o centro da Terra, mas também não é.  

É barragem dos Conchos, parte do sistema hidroelétrico da Serra da Estrela, para onde convergem todos os cursos de água da ribeira das Naves. A água da ribeira das Naves – que se pode acumular neste “poço” de betão e granito até atingir 120 mil metros cúbicos – está a ser encaminhada para a albufeira da Lagoa Comprida através de um túnel com 1.519 metros de comprimento.

O covão dos conchos não é de fácil acesso, mas pode ser visitado por trilho pedestre. Por isso, numa visita à Serra da Estrela, preparem a vossa endumentária de caminhadas, coloquem as coordenadas no GPS e sigam para o funil mais famoso do país!

http://observador.pt

http://www.rtp.pt

 

CASTRO DE MONTE MOZINHO (Penafiel)

É aqui, em Portugal, que se encontra o que resta da famosa nave Millenium Falcon da Saga Star Wars.

Parece, não parece?

Situado em Oldrões, no concelho de Penafiel, o Castro de Monte Mozinho, também conhecido por Cidade Morta de Penafiel, é um dos grandes tesouros arqueológicos do País. 

Localizado num outeiro destacado de suave declive, constituiu um importante ponto estratégico de defesa e observação do território. Os estudos têm demonstrado que este terá sido um povoado castrejo de época romana, fundado no século I d.C. mas com uma ampla cronologia de ocupação, chegando mesmo a atingir o século V. 
 
No Museu Municipal encontram-se actualmente duas estátuas de guerreiros galaicos que estariam na entrada na muralha do século I. 
Na área urbana exterior à primeira muralha apresenta-se um ‘podium’ de um pequeno templo, na rua principal, e já fora do espaço urbano, destaca-se uma necrópole. 
 
O Castro de Monte Mozinho está classificado como Imóvel de Interesse Público desde 1948.

http://www.guiadacidade.pt/pt/poi-castro-de-monte-mozinho-17613

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.