Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

É uma Vida para Dois

Livros para folhear, filmes para ver, sabores para provar, destinos para descobrir. Gostamos de experimentar tudo o que há de novo aqui e acolá! Queremos a vida bem passada e bem servida, se faz favor!

O Ratinho do Presépio

Como são maravilhosas as histórias de Natal. O Cavaleiro da Dinamarca de Sophia de Mello Breyner e A Christmas Carol de Dickens, são alguns contos que marcaram a minha infância. Já sabia a história de cor, mas mesmo assim repetia a leitura todos os anos - quando pegava nesses livros era sinal que o Natal estava à porta e que era tempo de reler mais uma vez as palavras que faziam reviver o espírito natalício. O Ratinho do Presépio nasceu este Natal e é um desses livros indispensáveis a esta época. Ideal para encantar miúdos e graúdos, conta-nos acerca dos animais já conhecidos do presépio e de outro ainda que nos é dado a conhecer...o Ratinho! 

 

Quanto a nós, não perdemos o lançamento do livro na livraria Santiago em Óbidos, que recentemente foi classificada como vila literária pela UNESCO. A Igreja de São Tiago, templo iniciado no século XII e um dos edifícios mais emblemáticos da vila, é agora uma livraria maravilhosa que não pode deixar de ser local de passagem obrigatória numa visita à Vila.

20151205_155929.jpg20151205_155842.jpg

As ilustrações maravilhosas de Joana Santos.

20151205_155856_001.jpg 20151205_164320.jpg

Sessão de autógrafos pela autora, Conceição Soares.20151205_164655.jpg

obidos.jpg

 

Crepúsculo em Óbidos.

 

 

ratinho.jpg

 

Para além da Livraria Santiago, o Ratinho pode ser encontrado na Bertrand, Fnac, Bulhosa, entre outras. 

O próximo lançamento é já no dia 14 de Dezembro na Universidade Católica do Porto. Não Percam!

 

 Boas Leituras

Mrs.

Destino do Dia - As mais espectaculares bibliotecas do mundo

Tendo em conta que hoje celebra-se o Dia Mundial do Livro, o "Destino do Dia" será um pouco diferente e irá destacar não só um, mas vários destinos: as bibliotecas mais espectaculares do mundo, em que, surpreendam-se, duas delas são portuguesas! 

 

Biblioteca Joanina (Universidade de Coimbra, Portugal)

Construída entre os anos de 1717 e 1728, é um dos expoentes  do Barroco Português e uma das mais ricas bibliotecas europeias. Ficará conhecida como Biblioteca Joanina em honra e memória do Rei D. João V (1707-1750), que patrocinou a sua construção e cujo retrato, da autoria de Domenico Duprà (1725), domina categoricamente o espaço.

Começou a receber as primeiras obras depois de 1750, e actualmente o seu acervo é composto por cerca de 60 000 livros. Na sua conservação são empregues soluções tradicionais de preservação e controlo ambiental: a utilização de madeira de carvalho nas suas estantes, a espessura das suas paredes, cerca de 2 metros e a existência de uma colónia de morcegos que durante séculos a protegeu de insetos bibliófagos. 

 

Biblioteca do Palácio Nacional de Mafra (Mafra, Portugal)

O maior tesouro de Mafra é a sua biblioteca, com chão em mármore, estantes em estilo rococó e uma coleção de mais de 40.000 livros com encadernações em couro gravadas a ouro, incluindo uma segunda edição de Os Lusíadas de Luís de Camões. Situada ao fundo do segundo piso é a estrela do palácio, rivalizando em grandiosidade com a Biblioteca da Abadia de Melk, na Áustria. Construida por Manuel Caetano de Sousa, tem 88 m de comprimento, 9.5 de largura e 13 de altura. O magnífico pavimento é revestido de mármore rosa, cinzento e branco. Actualmente, o único residente do Palácio é um antigo tipógrafo, de nome Gil Mangens. Descendente de uma família de origem francesa, que chegou a Lisboa no século XVIII por altura da construção do Palácio, na pessoa de um gravador de nome Mangens, devotou, à imagem de seu pai e avô, toda a sua vida ao monumento que o acolhe. O conjunto arquitectónico do Palácio Nacional de Mafra foi classificado como Monumento Nacional em 1910. Em 5 de maio de 2014, a biblioteca do Palácio Nacional de Mafra foi considerada a mais bela do mundo pelo conhecido portal norte-americano Book Riot, dedicado exclusivamente aos livros. 
 

 

Biblioteca da Abadia de Admont (Áustria) 

 

Biblioteca de Livros Raros e Manuscritos Beinecke - Universidade de Yale (Connecticut, EUA)

 

Biblioteca do Parlamento Canadense | Ottawa, Canadá

 

Biblioteca University Club | Nova Iorque, EUA

 

Biblioteca José Vasconcelos (Cidade do México, México)

 

Biblioteca de Mitchell (Sidney, Austrália)

 

Biblioteca Pública de Seattle (Washington, EUA)

 

Biblioteca do Estado (Victória, Austrália)

 

Infelizmente ainda não tivemos oportunidade de visitar nenhuma destas bibliotecas, nem mesmo as duas portuguesas nomeadas. A nossa biblioteca preferida é a Biblioteca das Galveias, no Campo Pequeno, que actualmente se encontra em obras, com abertura prevista para 2016.

E vocês, qual a vossa biblioteca preferida?

 

Mr. and Mrs.

 

fontes:

http://www.ideiaquente.com/2014/07/30-bibliotecas-espetaculares-do-mundo.html

http://www.uc.pt/informacaopara/visit/paco/biblioteca

http://www.guiadacidade.pt/pt/poi-biblioteca-do-palacio-nacional-de-mafra-20372

 

Livraria Fonte das Letras (Évora)

Fonte das Letras está situada em pleno Centro Histórico, na Rua 5 de Outubro, nº51 (a rua que liga a Praça do Giraldo à Sé) e é um ponto obrigatório da passagem por Évora, se a leitura e as livrarias criativas fazem parte dos vossos interesses.

A Fonte das Letras não é uma mera livraria, é também uma cafetaria, pronta a servir café, chá, e outras especialidades aos seus visitantes. Escolha um livro enquanto o seu chá está a ser servido. 

A decoração é fascinante, com Fernando's Pessoa e Luís's Vaz de Camões ora pendurados no tecto ora a adornar a maravilhosa montra. 

 

DSC03061-001.JPG

 

DSC03065-001.JPG 

DSC03063.JPGDSC03060-001.JPG

 

DSC03059-001.JPG

fernando.JPG

DSC03067.JPG

10614162_10152374457246128_332205088659315675_n-00

"Não tenhamos pressa, mas não percamos tempo"  - do livro comprado na Fonte das Letras - Textos de José Saramago -ao qual também pertence a imagem acima.

 

Por isso, do que estão à espera para visitar Évora e a Fonte das Letras?

 

Mr. and Mrs.

 

Todas as fotos são da autoria do Uma Vida para Dois 

 

A Cabine de Leitura

A Cabine de Leitura é uma mini-bilioteca situada na Praça de Londres, em Lisboa. Esta iniciativa  partiu do Movimento de Comerciantes da Avenida Guerra Junqueiro, Praça de Londres e Avenida de Roma, em parceria com a Portugal Telecom - PT, para incentivar a afluência das pessoas à zona, bem como para promover os hábitos de leitura numa dinâmica de troca de livros usados. 

 

A Cabine de Leitura inspira-se num movimento inicado na aldeia de Westbury-sub-Mendip, em Somerset (sudoeste de Inglaterra). Nessa aldeia com cerca de 800 habitantes,  converteram uma das cabines telefónicas menos utilizadas, na  biblioteca mais pequena do mundo, com cem livros disponíveis para qualquer pessoa requisitar. O problema causado pela distância às bibliotecas mais próximas foi assim resolvido, aproveitando as cabines cada vez menos utilizadas. A nova biblioteca foi um sucesso e outras povoações seguiram a iniciativa, incluindo Londres.

 

A Cabine da Praça de Londres é idêntica: cada pessoa deixa um livro e leva outro para casa, devolvendo o livro no final da leitura! A cabine tem um horário específico que poderá ser consultado na página do Facebook.

DSC03010.JPG

DSC03011-001.JPG

DSC03012.JPG

DSC03013.JPG

 

Já conheciam a cabine? Nós adorámos!

 

Mr. and Mrs.

 

Todas as fotos são da autoria do Uma Vida para Dois

Book Porn - Objectos-Desejo para quem gosta de ler

Sabem aqueles objectos que vocês ficam a babar mal colocam a vista em cima? Passa-se isto conosco com estes artigos que seleccionámos relacionados com a leitura. 

 

Poltrona-Estante 

Queremos urgentemente uma poltrona destas. Esperem, acho que já não cabe na nossa sala. Não faz mal, nós mudamos de casa!!

Ver aqui

 

 

Óculos prismáticos

 

Esses óculos colocam a imagem num ângulo correcto para que não seja necessário o movimento da cabeça para ler um livro ou ver TV. 

Ver aqui

 

 

Edredon Literário

 Que tal estar dentro da cama a ler a sua própria roupa de cama?

 

Ver aqui

 

 

Lenço da Alice no País das Maravilhas 

 

É apenas um dos muitos modelos com várias histórias.

Ver aqui

 

 

Lápis contadores de Histórias

É apenas um dos muitos modelos com várias histórias.

Ver aqui

 

 

Capas para livros electrónicos

Temos um Kobo e teremos que ter uma capa destas para o vestir!

Ver aqui

 

 

Ficaram a babar com algum?

Mr. and Mrs.

 

Livros - "Diz-me o que lês e dir-te-ei quem és"

Temos pena de não ter em casa todos os livros que gostámos de ler ao longo da vida. Alguns foram emprestados, outros foram requisitados em Bibliotecas, e outros lemos via digital.

 

Os que foram oferecidos e comprados, moram cá em casa na nossa estante. Entre os contadores de histórias que moram conosco, seleccionámos os nossos preferidos:

 

Os livros preferidos dela

DSC02530-001.JPG

 

 

Os livros preferidos deleDSC02531-001.JPG

 

Conseguem deduzir a nossa personalidade e os nossos interesses através deles?

 

Quais os vossos livros preferidos?

 

Algum deles coincide com os nossos?

 

 

Boas Leituras,

 

Mr. and Mrs.

Tell a Story

A Tell a Story é daquelas ideias geniais, que nos lembram que é um orgulho ser português.

 

Trata-se de uma carrinha que vende livros traduzidos dos grandes autores Portugueses, tais como Fernando Pessoa, Eça de Queirós, António Lobo Antunes, José Luís Peixoto, entre muitos outros, com o objectivo de dar a conhecer a nossa literatura aos turistas.

 

A livraria ambulante passa por vários locais em Lisboa, mas sempre a vemos está situada no Miradouro de S. Pedro de Âlcantara, antes de chegar ao Príncipe Real.

 DSC01941.JPG

DSC01943.JPG

DSC01942.JPG

 Adorámos a ideia!

 

Já conheciam?

 

Boas Leituras,

 

Mr and Mrs

 

Fotos da autoria do Uma Vida para Dois

Leituras - As Esquinas do Tempo, de Rosa Lobato de Faria

Sinopse:

"Quando Margarida chegou à Casa da Azenha teve aquela sensação, não desconhecida mas sempre inquietante, de já ter estado ali." Margarida é uma jovem professora de Matemática. Um dia vai a Vila Real proferir uma palestra e fica hospedada num turismo de habitação, casa antiga muitíssimo bem conservada e onde, no seu quarto, está dependurado o retrato a óleo de um homem que se parece muito com Miguel, a sua recente paixão.
Por um inexplicável mistério, na manhã seguinte Margarida acorda cem anos atrás, no seio da sua antiga família.
Sem perder consciência de quem é, ela odeia esta partida do tempo. Mas aos poucos vai-se adaptando. Conhece o homem do quadro e apaixona-se por ele. Quando ele morre num acidente, Margarida regressa ao presente. "

Hoje assinalam-se 5 anos da morte de Rosa Lobato Faria, uma autora que admiro pelas suas histórias originais e pela sua escrita agradável, sem nunca ser banal. 

A fantasia do enredo d'As Esquinas do Tempo segue uma sequência lógica e credível, que nos faz reflectir sobre o sentido da vida e questionar sobre algumas coisas que tomamos como certas.

É um romance leve, muito agradável e prazeroso, ideal para uma leitura de férias ou de fim-de-semana.

 

Boas leituras, 

Mrs.

 

Leituras - Como Deus Manda, de Niccolò Ammaniti

 
Cristiano tem treze anos e uma vida bem longe da perfeição. Quando o seu pai e dois amigos engendram um plano para assaltarem um banco, Cristiano vê nisso a possibilidade de uma vida melhor. Mas as coisas não correm bem. Numa apocalíptica noite de tempestade, o papel desempenhado por cada uma das personagens irá desencadear consequências terríveis. 
Cru e implacável, Como Deus Manda tem um ritmo alucinante e é um livro pautado pela violência, o humor negro e a ternura. Niccolò Ammaniti apresenta-nos um elenco de personagens inesquecíveis, numa encruzilhada entre a esperança e o desespero.
 
Com uma escrita extremamente criativa e irónica, embora por vezes dura e crua, a temática do livro é muito original, e o enredo está muito bem conduzido. A relação entre acção, diálogos e descrição está bem muito bem distribuída, pelo que a leitura flui na perfeição sem momentos maçadores provocados por longas dissertações sobre o mesmo tema.
 
As personagens são extramamente complexas, cada uma surge no momento certo para trazer um contributo significativo ao enredo. 
Senti-me surpreendida a cada capítulo, e tive a sensação de estar envolvida na leitura, como se fosse participante passiva na história.
 
É daquelas leituras que viciam e que fazem com que não paremos de pensar no livro quando não o estamos a ler! 
 
 

 

Boas leituras,
Mrs.