Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

É uma Vida para Dois

Livros para folhear, filmes para ver, sabores para provar, destinos para descobrir. Gostamos de experimentar tudo o que há de novo aqui e acolá! Queremos a vida bem passada e bem servida, se faz favor!

Foto-Receita: Beringelas Recheadas

Já repararam que as nossas receitas são geralmente vegetarianas, não é? Pois bem, a nossa alimentação é maioritariamente à base de leguminosas, cereais, legumes e frutas, salvo raras excepções, e comemos carne e peixe apenas ao fim-de-semana. É também ao fim-de-semana que comemos doces refinados e fazemos as asneiras alimentares mais desastrosas.

 

Ingerimos diariamente as proteínas necessárias e suficientes dos alimentos que seleccionamos, sem precisarmos de quaisquer tipo de suplementos. Desde que fazemos este tipo de alimentação, há mais de 3 anos, temos mais energia (vamos ao ginásio no mínimo 2 vezes por semana (Mrs.) e no mínimo 3 vezes por semana (Mr.) em treinos completos de pelo menos 1 hora) e é muito raro ficarmos doentes. Sim, trabalhamos no mínimo 40 horas por semana. E sim, temos o peso dentro dos parâmetros normais

 

Ao longo dos tempos, temos verificado que muitos alimentos que eram considerados sagrados, hoje os seus benefícios começam a ser questionados (ex. leite). A Nutrição hoje em dia funciona como as religiões, existem tantas Dietas que se perde a conta e cada uma delas defende a sua doutrina. Todas têm os seus seguidores e defensores: desde o Crudivorismo, à Macrobiótica, à Dieta dos 30 dias...cada uma com a sua teoria, apoiando-se em estudos que se contradizem relativamente a um mesmo alimento, conforme a dieta em questão. 

 

No nosso caso, concentramo-nos em conhecer as várias teorias e em selecionar o que achamos que faz sentido. Não fazemos privações de nada, fazemos apenas restrições de alguns alimentos reduzindo a frequência do seu consumo (o açucar branco, os alimentos processados e a carne vermelha são os alimentos que mais restringimos, devido aos seus efeitos cancerígenos comprovados por vários estudos, em unanimidade). Restringir os lacticínios será o próximo passo, embora difícil porque somos demasiado apreciadores do leite e dos seus derivados.

 

Por isso,  no que diz respeito à Nutrição, tentamos seguir-nos pelo bom-senso, pelo equilíbrio, pelos alimentos que o nosso corpo melhor aceita e rejeita, pelas consequências e sinais exteriores que vamos observando no nosso corpo daquilo que vamos ingerindo.

 

A nossa alimentação não têm em vista o emagrecimento, mas sim a manutenção de um peso saudável e a manutenção da saúde e longevidade. Se temos que morrer um dia, que não seja por culpa nossa.

 

Por isso, aqui vai a receita do nosso jantar de ontem:

beringela.JPG

pasta sem nome 3.jpg

pasta sem nome 31-001.jpg

pasta sem nome 32-002.jpg 

DSC02670.JPG

DSC02672-001.JPG

DSC02673-001.JPG

DSC02675-001.JPG

 

Já estão a babar não é?

Ela também se babou quando o provou!

 

Bom Apetite!

Mr. 

 

Receita e fotos da autoria do Uma Vida para Dois